pt

Sobre a Robert Walters Portugal

Para nós, o recrutamento é mais do que apenas um trabalho. Entendemos que por trás de cada oportunidade está a chance de fazer a diferença na vida das pessoas.

Saiba mais

Trabalhe connosco

As pessoas são o coração do nosso negócio. Ouça histórias da nossa equipa para saber mais acerca de uma carreira na Robert Walters Portugal.

Saiba mais

Contacte-nos

Verdadeiramente global e orgulhosamente local, estamos em Portugal há cerca de 7 anos sempre prontos para oferecer-lhe as melhores soluções de recrutamento.

Fale connosco
Ofertas de emprego

Os nossos especialistas do setor ouvirão as suas aspirações e partilharão a sua história com as organizações de maior prestígio em Portugal. Juntos, vamos escrever o próximo capítulo da sua carreira.

Ver todas as ofertas de emprego
Candidatos

Juntos, mapearemos caminhos que definem a sua carreira e mudam a sua vida para alcançar as suas ambições profissionais. Navegue pela nossa gama de serviços, conselhos e recursos.

Saiba mais
Serviços

Os principais empregadores de Portugal confiam em nós para fornecer soluções de contratação rápidas e eficientes, adaptadas às suas necessidades exatas. Navegue pela nossa gama de serviços e recursos personalizados.

Saiba mais
Sobre a Robert Walters Portugal

Para nós, o recrutamento é mais do que apenas um trabalho. Entendemos que por trás de cada oportunidade está a chance de fazer a diferença na vida das pessoas.

Saiba mais

Trabalhe connosco

As pessoas são o coração do nosso negócio. Ouça histórias da nossa equipa para saber mais acerca de uma carreira na Robert Walters Portugal.

Saiba mais
Contacte-nos

Verdadeiramente global e orgulhosamente local, estamos em Portugal há cerca de 7 anos sempre prontos para oferecer-lhe as melhores soluções de recrutamento.

Fale connosco

Que tipos de desenvolvedores web existem?

Quais as diferenças entre desenvolvedores frontend, backend e fullstack? O salário varia de acordo com o tipo de empreendimento? Qual o perfil ideal de desenvolvedor estão as empresas a procurar?

Fabienne Viegas, senior manager da Divisão de Tecnologia da Robert Walters Portugal, explica as diferenças entre um desenvolvedor frontend, um backend e um fullstack, analisando quais as competências que os caracterizam e a faixa salarial que estes perfis podem perceber (aqui seria receber?) de acordo com a sua experiência.

O que faz um desenvolvedor frontend?

O front-end é a parte de uma aplicação Web com a qual os utilizadores interagem diretamente e envolve o design, a apresentação e as funcionalidades visíveis para os utilizadores nos seus navegadores da Web.

Os desenvolvedores front-end trabalham com tecnologias como HTML, CSS e JavaScript para criar interfaces de utilizador, lidar com interações do mesmo e garantir uma experiência tranquila. Eles tratam de elementos como botões, formulários, menus e outros componentes visuais com os quais os utilizadores interagem diretamente.

Dentro das competências exigidas para um desenvolvedor frontend, além do conhecimento das tecnologias citadas acima, podemos destacar:

  • Melhores Práticas de Desenvolvimento Web: Conhecer as melhores práticas de acessibilidade, desempenho, SEO e segurança para criar sites de alta qualidade e atender aos padrões atuais.
  • Adaptabilidade e aprendizagem contínua:  Como o desenvolvimento frontend está em constante evolução, um programador frontend deve estar disposto a aprender novas tecnologias e a adaptar-se às tendências em constante mudança no desenvolvimento web.
     

Como é o perfil de um desenvolvedor backend?

O back-end é a parte de uma aplicação Web que opera em segundo plano e é responsável por gerir dados, processar solicitações e lidar com a lógica de negócios. Ele lida com operações do lado do servidor, gestão do banco de dados e comunicação entre o front-end e o servidor.

Os desenvolvedores de back-end normalmente trabalham com linguagens do lado do servidor (por exemplo, Python, Ruby, PHP, Java, Node.js) e bancos de dados (por exemplo,  MySQL, PostgreSQL, MongoDB) para criar a funcionalidade principal da aplicação.  

Espera-se que um bom desenvolvedor de back-end aplique boas práticas de desenvolvimento, como modularidade, reutilização de código e uso de padrões de design para criar um código limpo e de fácil manutenção. Além disso, deve ser um perfil de resolução de problemas capaz de identificar e corrigir problemas no backend, além de otimizar o desempenho e a eficiência da aplicação.

Quais são as responsabilidades de um desenvolvedor fullstack?

Finalmente, um desenvolvedor full stack é alguém proficiente em desenvolvimento frontend e backend. Os desenvolvedores full stack têm uma ampla gama de habilidades e podem trabalhar em todo o conjunto de tecnologias usadas para criar uma aplicação Web.

Estes profissionais podem lidar com tarefas de desenvolvimento frontend, como a criação de interfaces de utilizadores e interações com os mesmos; assim como tarefas de desenvolvimento de back-end, como configuração de servidor, design de API e gestão de banco de dados.

Ser um desenvolvedor full stack permite-lhe que trabalhe em todos os aspetos de uma aplicação web, desde a interface do utilizador até o servidor e o banco de dados. As características exigidas neste tipo de perfil incluem as descritas acima para as funções de backend e frontend, além de saber lidar com problemas técnicos de forma sistemática e encontrar soluções eficazes e eficientes.

Qual é o salário dos desenvolvedores frontend, backend e fullstack?

Dependendo da dimensão da empresa, especialização no setor e anos de experiência, o salário de um programador web varia entre 30 e 55 mil euros brutos por ano. Caso queira informações mais detalhadas acerca da sua faixa salarial de acordo com seu cargo e setor, solicite acesso à Pesquisa Salarial Robert Walters.

É um desenvolvedor à procura de um novo emprego? Confira todos as nossas ofertas de emprego em Tecnologia.

Partilhar artigo

Links relevantes

Registe-se para criar alertas de emprego
Pesquisa Salarial
Conselhos de carreira
Fale connosco

Saiba mais ao entrar em contacto com um dos nossos consultores especializados em recrutamento

Conteúdo relacionado

Ver todos

Perfis profissionais mais procurados por fintechs

Programadores de software e engenheiros de dados. São dois dos perfis profissionais mais procurados pelas empresas do setor das fintechs. De acordo com o nosso Global Fintech Talent Report, "embora a tendência do mercado esteja se movendo para as áreas de pagamentos, criptomoedas e empréstimos, a fo

Ler mais

Seis meses: O tempo médio que um licenciado demora a encontrar emprego na situação atual

Metade dos licenciados do Estado levaram até 6 meses a encontrar emprego depois de concluir os seus estudos Dos que encontraram emprego, 53% dizem que os seus empregos atuais não estão relacionados com a sua licenciatura 72% dos licenciados sentem que não têm "muita margem" no mercado de trabalho 45

Ler mais

Quer continuar em teletrabalho? Siga estas dicas para convencer o seu chefe

O teletrabalho fez sucesso entre as grandes empresas, mantendo-se ativo em muitas empresas desde o fim da pandemia. De acordo com um estudo recente, 9 em cada 10 profissionais gostavam de escolher se vão trabalhar em casa ou no escritório. Se faz parte do grupo de colaboradores que quer continuar em

Ler mais

Sou Robert Walters, você é?

Usando uma combinação dos dados da nossa equipa de Inteligência de Mercado, informações disponíveis publicamente e o conhecimento dos nossos especialistas em recrutamento, criamos relatórios de salary benchmarking sob medida para atrair os melhores talentos.