pt

Sobre a Robert Walters Portugal

Para nós, o recrutamento é mais do que apenas um trabalho. Entendemos que por trás de cada oportunidade está a chance de fazer a diferença na vida das pessoas.

Saiba mais

Trabalhe connosco

As pessoas são o coração do nosso negócio. Ouça histórias da nossa equipa para saber mais acerca de uma carreira na Robert Walters Portugal.

Saiba mais

Contacte-nos

Verdadeiramente global e orgulhosamente local, estamos em Portugal há cerca de 7 anos sempre prontos para oferecer-lhe as melhores soluções de recrutamento.

Fale connosco
Ofertas de emprego

Os nossos especialistas do setor ouvirão as suas aspirações e partilharão a sua história com as organizações de maior prestígio em Portugal. Juntos, vamos escrever o próximo capítulo da sua carreira.

Ver todas as ofertas de emprego
Candidatos

Juntos, mapearemos caminhos que definem a sua carreira e mudam a sua vida para alcançar as suas ambições profissionais. Navegue pela nossa gama de serviços, conselhos e recursos.

Saiba mais
Serviços

Os principais empregadores de Portugal confiam em nós para fornecer soluções de contratação rápidas e eficientes, adaptadas às suas necessidades exatas. Navegue pela nossa gama de serviços e recursos personalizados.

Saiba mais
Sobre a Robert Walters Portugal

Para nós, o recrutamento é mais do que apenas um trabalho. Entendemos que por trás de cada oportunidade está a chance de fazer a diferença na vida das pessoas.

Saiba mais

Trabalhe connosco

As pessoas são o coração do nosso negócio. Ouça histórias da nossa equipa para saber mais acerca de uma carreira na Robert Walters Portugal.

Saiba mais
Contacte-nos

Verdadeiramente global e orgulhosamente local, estamos em Portugal há cerca de 7 anos sempre prontos para oferecer-lhe as melhores soluções de recrutamento.

Fale connosco

KAM E-commerce, uma função de marketing digital em crescimento

Com a crescente utilização e desenvolvimento das tecnologias em todos os aspetos das nossas vidas, a tendência para fazermos tudo online, incluindo compras de todo o tipo, é cada vez maior. 

O que é que ainda não consegue comprar online? Desde o jantar, a roupa, eletrodomésticos, ver um filme, reservar bilhetes de avião ou fazer as compras do mês no supermercado, a facilidade de aquisição de qualquer produto ou serviço sem ter de sair do sofá e deslocar-se às diferentes lojas mudou completamente o paradigma do comércio e retalho.  

Aliás, segundo o Worldpanel, o comércio online global de FMCG cresceu cerca de 30% mundialmente, e 0,9% em Portugal. Assim, são cada vez mais necessários profissionais de KAM E-commerce para integrarem as empresas que façam comércio online, e ajudá-las a geri-lo, monitorizá-lo e promovê-lo a nível digital.

Fabienne Viegas, Manager da divisão de Tecnologia na Robert Walters Portugal, explica-nos em que consiste esta função, que apresenta uma procura crescente, e que ainda tem poucos candidatos no mercado português.

1. O que é KAM E-commerce?

No fundo, KAM E-commerce é um gestor de comércio electrónico, especialmente focado em marketing digital. KAM significa ‘Key Account Manager’ ou ‘Key Asset Manager’, e por e-commerce entende-se todo o comércio ou transações realizados online. 

Esta nova área de compra e venda online tem afetado todos os processos do negócio retalhista de todos os setores, que cada vez mais se pode gerir online, incluindo não só a venda, como a logística, transporte e apoio ao cliente. Além disso, as informações de venda são geradas online e o software dos sites permite recolher os dados de todas as vendas de forma muito mais rápida e estruturada. 

Focado em marketing em ambiente digital, um KAM E-commerce deve não só acompanhar constantemente as ações da concorrência, como também conhecer a comparação de vendas. É alguém que precisa de compreender as metas de vendas online e as necessidades do cliente, com capacidades de multi-tasking e conhecimentos de tecnologias e inovação para poder aplicar ao negócio e aumentar as vendas eletrónicas. É o KAM E-commerce que reporta à administração as receitas conseguidas online, e que recomenda campanhas de marketing ou promoções com o fim de aumentar as vendas nestas plataformas eletrónicas. 

2. Quais são as principais funções e responsabilidades deste posto?

Um KAM e-commerce tem diversas responsabilidades, desde organizar o aspeto visual do merchandising, ao marketing e gestão do conteúdo online. 

Entre as suas principais funções, podem incluir-se: planear o sell-in e o sell-out baseando-se no plano de e-marketing da marca ou marcas com que trabalha; construir boas relações e gestão com o cliente; negociações de termos comerciais dentro dos orçamentos estabelecidos; implementação de planos anuais de comércio electrónico, alinhados com a estratégia da empresa ou divisão; definição da estratégia de CRM; e coordenação de atividades operacionais, desde o inventário de novos produtos, à alocação de amostras (quando aplicável).

É também uma função deste posto gerir a cooperação com as equipas de vendas e digital. No seu dia-a-dia, um KAM E-commerce tem de analisar o tráfego e verificar se há falhas no sistema digital, de forma a ter a equipa técnica a postos para resolver qualquer problema imediatamente. Isto é essencial, uma vez que cada minuto em que uma plataforma online não está operacional pode resultar em perdas de milhares de euros em vendas, para além de clientes que talvez se dirijam a uma concorrente ao não conseguirem aceder à plataforma. 

Além disso, um KAM E-commerce tem de negociar com os meios de comunicação e redes sociais para conseguir o pacote mais económico, de forma a comercializar e promover os seus produtos e/ou serviços. 

Finalmente, um KAM e-commerce tem de ser capaz de enfrentar os desafios relacionados com o crescimento exponencial do negócio de comércio eletrónico atual, encontrando as melhores práticas no mercado, explorando conhecimentos sobre os comportamentos dos clientes online, e analisando marcas concorrentes. 

3. Que formação e competências são necessárias para este posto?

Em Portugal, têm surgido diversos cursos e pós-graduações em e-commerce para responder à crescente necessidade de profissionais para esta nova área de venda online, cada vez mais transversal. Estes cursos destinam-se essencialmente a gestores de empresa e de áreas de negócio, mas também a perfis de liderança de marketing, marketing digital e a todos os profissionais na área de vendas e marketing que precisem ou queiram desenvolver hard e soft skills para o negócio de vendas online. 

As empresas em busca de profissionais para KAM E-commerce procuram candidatos com capacidade analítica e perfil orientado a resultados, que estejam familiarizados com as novas tendências do comércio online, e que demonstrem capacidade de prevê-las pelo contacto e estudo permanente do mercado. São perfis com formações em marketing ou similar que querem especializar-se neste tipo de negócio. 

É muito importante terem experiência avançada em Excel e Powerpoint, com excelentes capacidades de comunicação e apresentação. Têm de ser pessoas organizadas, com boa capacidade de planeamento, gestão de projetos e de pessoas. 

4. Qual é a situação atual do mercado de KAM e-commerce em Portugal? Que tipo de empresas procuram esta função? 

Se uma empresa oferece a  possibilidade de vender produtos ou serviços online, precisa de alguém não apenas para gerir, como também para pensar em toda a estratégia de marketing para promover a sua visibilidade e a própria venda. 

Assim, diversos tipos de empresas que fazem comércio online precisam de candidatos para desempenhar esta função, sendo na sua maioria multinacionais, incluindo a Nestlé, a L’Oreal, Danone, Facebook, El Corte Inglés, Amazon, entre outras, mas também empresas nacionais como a Farfetch, Sonae, Custo Justo, Porto Editora, etc. 

Como a tendência é para que todas as empresas sejam cada vez mais digitais na forma de apresentar os seus serviços, prevê-se que a procura por candidatos de KAM E-commerce cresça bastante. Neste momento, ainda não há candidatos suficientes no nosso país para responder às necessidades de mercado, já que a mudança para a venda online tem sido muito rápida. 

Um exemplo nacional com grande procura de candidatos para este posto é a Farfetch, plataforma de moda de luxo online. 

Finalmente, a média de salários oferecida para a função de KAM E-commerce varia consoante a empresa e a senioridade do candidato, mas pode estar entre os 30 mil e os 40 mil euros brutos anuais, com bónus variável. 

Partilhar artigo

Links relevantes

Registe-se para criar alertas de emprego
Pesquisa Salarial
Conselhos de carreira
Fale connosco

Saiba mais ao entrar em contacto com um dos nossos consultores especializados em recrutamento

Conteúdo relacionado

Ver todos

Como o mercado de trabalho está a mudar devido à inflação de emprego?

+53% de vagas de emprego de alto nível no último ano 52% da Geração Z esperam uma promoção anual 5/10 da Geração Z aceitaria uma posição de maior responsabilidade para a qual não estão totalmente qualificados A inflação do emprego é a tendência que muitas empresas seguem, oferecendo aos seus colabor

Ler mais

Melhore a sua carreira: Destaque-se na próxima avaliação de desempenho

Em um mundo competitivo para evoluir profissionalmente, a sua avaliação anual de desempenho é mais do que apenas uma verificação. É uma oportunidade para ostentar as suas vitórias, delinear o seu futuro e ser reconhecido pelas suas conquistas. Com o mês anual de avaliação à porta, é hora de se prepa

Ler mais

Dois terços das mães que trabalham alegam falta de reconhecimento e oportunidades

Uma pesquisa realizada com 2.000 profissionais pela empresa de recrutamento Robert Walters descobriu que 56% das mães trabalhadoras ainda não receberam uma promoção de seu empregador atual, apesar de sentirem que a ganharam – uma diferença de 14% em comparação com os pais que trabalham. Mais de um q

Ler mais

Sou Robert Walters, você é?

Junte-se à nossa equipa global de pensadores criativos, solucionadores de problemas e trabalhadores inovadores. Oferecemos progressão acelerada na carreira, uma cultura dinâmica e treino especializado.