Quer continuar em teletrabalho? Siga estas dicas para convencer o seu chefe

homem loiro com smart phone

A pandemia COVID-19 forçou a maior parte de empresas a adaptar-se ao teletrabalho. Este novo modelo fez sucesso entre as grandes empresas, e pode inclusive manter-se depois da pandemia em muitas organizações.

De acordo com um estudo recente, 9 em cada 10 profissionais gostavam de escolher se vão trabalhar em casa ou no escritório. Se faz parte do grupo de colaboradores que quer continuar em teletrabalho, aqui nós explicamos como iniciar a conversa com o seu chefe, quais os melhores argumentos para apresentar e o que fazer em caso de resposta negativa.

Tome nota:

1. Este é o melhor momento da carreira para ficar em teletrabalho?
Da mesma forma que o teletrabalho pode trazer benefícios também pode distanciá-lo dos seus colegas. Manter a cultura corporativa remotamente é possível, porém não é um trabalho fácil.

Por este motivo, é importante entender em que momento da carreira está e avaliar se não será prejudicado ao tomar a decisão de ficar em teletrabalho permanente.

2. Alinhe-se com a postura da empresa
A cultura de trabalho de uma empresa é fundamental para definir o modelo de produção dos colaboradores. Segundo a Robert Walters, devido à pandemia, muitos empregadores aumentaram a preocupação com o nível de saúde de seus colaboradores.

François-Pierre Puech, country manager da Robert Walters Portugal, explicou que «esta preocupação reflecte-se em flexibilidade para o regresso ao escritório. Se a empresa já defende o cuidado com a saúde, é mais provável que aceite a proposta do colaborador».

3. Escolha o momento certo para ter a conversa
É muito provável que o momento perfeito para ter este tipo de conversa com o seu chefe nunca vá existir. Mas é importante ter em mente quais são as situações menos adequadas para isso.

''Não vale a pena falar com seu gestor depois de ter atrasado na entrega de um projecto, quando a empresa está a passar por um momento de instabilidade ou quando os resultados foram piores que o esperado pelos líderes'', aconselha François-Pierre Puech.

Se este não for o caso, também é importante marcar a reunião com antecedência, adiantar o tópico para o seu chefe e planear uma linha de argumentos. 

Um bom argumento seria mostrar o quão produtivo está a ser em teletrabalho ou como usa o seu tempo de deslocação para realizar tarefas que normalmente não consegue.

4. Crie uma ponte com o profissional e o pessoal
Se as suas motivações para ficar em teletrabalho também são pessoais deve inclui-las nos seus argumentos. A dica aqui é criar uma ponte entre os dois lados.

Por exemplo, existem colaboradores que demoram duas horas a chegar ao trabalho. Nesse caso é possível apresentar ao seu chefe que esse tempo pode ser usado para planear o seu dia de trabalho, adiantar projetcos ou para passar mais tempo com a sua família pelas manhãs.

5. Esteja aberto a um modelo de trabalho híbrido
Mostrar flexibilidade em relação à empresa é um dos pontos mais importantes durante a conversa. Os especialistas concordam que manter o teletrabalho a tempo inteiro pode prejudicar algumas relações. Por isso, se se mostrar aberto ao trabalho híbrido, as hipóteses de sucesso são maiores.

abstract-green-buidling2

A Revolução do Smart Working 

»

Webinars
Robert Walters 

470070440
»

Descubra os
nossos e-guides 

»

O nosso propósito 

»

Fale connosco 

»