pt

Sobre a Robert Walters Portugal

Para nós, o recrutamento é mais do que apenas um trabalho. Entendemos que por trás de cada oportunidade está a chance de fazer a diferença na vida das pessoas.

Saiba mais

Trabalhe connosco

As pessoas são o coração do nosso negócio. Ouça histórias da nossa equipa para saber mais acerca de uma carreira na Robert Walters Portugal.

Saiba mais

Contacte-nos

Verdadeiramente global e orgulhosamente local, estamos em Portugal há cerca de 7 anos sempre prontos para oferecer-lhe as melhores soluções de recrutamento.

Fale connosco
Ofertas de emprego

Os nossos especialistas do setor ouvirão as suas aspirações e partilharão a sua história com as organizações de maior prestígio em Portugal. Juntos, vamos escrever o próximo capítulo da sua carreira.

Ver todas as ofertas de emprego
Candidatos

Juntos, mapearemos caminhos que definem a sua carreira e mudam a sua vida para alcançar as suas ambições profissionais. Navegue pela nossa gama de serviços, conselhos e recursos.

Saiba mais
Serviços

Os principais empregadores de Portugal confiam em nós para fornecer soluções de contratação rápidas e eficientes, adaptadas às suas necessidades exatas. Navegue pela nossa gama de serviços e recursos personalizados.

Saiba mais
Sobre a Robert Walters Portugal

Para nós, o recrutamento é mais do que apenas um trabalho. Entendemos que por trás de cada oportunidade está a chance de fazer a diferença na vida das pessoas.

Saiba mais

Trabalhe connosco

As pessoas são o coração do nosso negócio. Ouça histórias da nossa equipa para saber mais acerca de uma carreira na Robert Walters Portugal.

Saiba mais
Contacte-nos

Verdadeiramente global e orgulhosamente local, estamos em Portugal há cerca de 7 anos sempre prontos para oferecer-lhe as melhores soluções de recrutamento.

Fale connosco

10 dicas para iniciar uma carreira internacional

Está a pensar em mudar-se para o estrangeiro para desenvolver a sua carreira? Eis o que precisa de saber... 

A experiência internacional pode fazer maravilhas para o desenvolvimento da sua carreira. Aqui, com a ajuda de alguns dos nossos especialistas, analisamos alguns dos principais aspectos a ter em conta se estiver a planear uma mudança para o estrangeiro... 

Seja claro sobre a razão pela qual quer trabalhar no estrangeiro

Uma questão fundamental a colocar a si próprio é: trata-se da minha carreira ou do meu estilo de vida? Se gosta da ideia de trabalhar durante o dia e ir diretamente do escritório para a praia, uma mudança da Nova Zelândia para Sydney pode ser a ideal para si. Mas essa mudança pode ser menos dramática em termos de desenvolvimento da sua carreira, uma vez que é provável que esteja a fazer um movimento lateral.

Manter o espírito aberto quanto à escolha do local de trabalho

Se o seu principal interesse é a experiência internacional como forma de acelerar a sua trajetória profissional, vale a pena olhar para além dos locais óbvios. "Se optar por um local muito bem estabelecido, é provável que tenha muitos concorrentes e é mais difícil ver resultados", diz François, Conutry Director de Portugal e Brasil. "Por isso, seja aventureiro e considere a possibilidade de entrar em mercados emergentes como a Tailândia, o Vietname ou as Filipinas. Nesta nova fronteira, o mercado não está tão maduro, mas há menos concorrência e muitas oportunidades - para não falar da fascinante cultura e património locais."

François, menciona. "Num mercado emergente, pode fazer parte de uma equipa mais pequena e mais recente - talvez até ajudando a lançar uma operação - e terá um perfil muito mais elevado, maiores níveis de responsabilidade e desenvolverá experiência e conhecimentos muito mais rapidamente."

"Muitas pessoas são influenciadas por locais glamorosos com reputação de estilo de vida vibrante, como Tóquio, Singapura ou Londres, mas nesses locais, é provável que seja um peixe mais pequeno num grande lago e, se for ambicioso, um estilo de vida urbano dinâmico não será suficiente a longo prazo. Procure territórios onde tem potencial para progredir".

Comece pelos condicionalismos

Dependendo do local onde reside atualmente, as suas opções para se mudar para o estrangeiro podem ser limitadas pelas opções de passaporte e visto. "Muitas pessoas querem mudar-se para aqui, para ali ou para todo o lado, mas sem o visto ou o passaporte certos, isso pode ser muito limitativo", aconselha Helen Swithenbank. Por isso, comece por pensar: "Que passaportes tenho e para onde posso ir? Será fácil para mim obter a documentação necessária para a minha mudança de sonho? Quando conhecer as suas limitações, pode começar a planear e a pesquisar de forma mais realista."

Consulte o seu empregador

Se está a considerar candidatar-se a uma mudança interna numa empresa global, recorra à sua equipa de RH ou de desenvolvimento de talentos. Sente-se com eles e peça-lhes conselhos sobre a conveniência de uma mudança internacional para si e sobre o tipo de progressão que pode esperar na organização em resultado disso.

Faça a sua pesquisa

Pode ter estado de férias em Londres, Hong King ou Sydney, mas embora isso lhe dê uma boa ideia do local, há muito mais informação de que precisa para tomar uma decisão informada sobre a sua mudança para o estrangeiro. Como é o mercado de trabalho na sua área? Com que frequência surgem oportunidades - e qual a mobilidade do mercado? Quanto precisará de ganhar para cobrir a renda e os bens essenciais, como a alimentação e os transportes públicos? Quantas horas por semana é provável que trabalhe? Um bom recrutador pode aconselhá-lo sobre todos estes aspectos e, se for uma empresa de consultoria global, pode trabalhar para si tanto antes como depois de partir. 

Pense em competências transferíveis

Se o seu plano é ir trabalhar para o estrangeiro durante alguns anos e depois regressar ao seu país de origem, certifique-se de que não está a candidatar-se a funções com competências demasiado específicas, que podem tornar-se obsoletas ou que simplesmente não serão muito procuradas no seu país. "Certifique-se de que não tem uma função tão especializada a nível local que não tenha equivalente quando regressar ao seu país e acabe por ter de dar um passo atrás porque não existe um emprego equivalente no seu país", afirma François. 

No que diz respeito a funções técnicas, digitalização, TI, marketing digital e comércio eletrónico, as competências são normalmente muito transferíveis e sempre procuradas, aconselha ela, mas em áreas como a jurídica, o risco e a conformidade é preciso ter cuidado. Alguma legislação local, por exemplo, em matéria de privacidade de dados, terá a sua contrapartida em qualquer território; mas alguma legislação e regulamentação são tão específicas de uma jurisdição que não se traduzem realmente noutra.    

Não espere que as coisas sejam iguais, mas mantenha os olhos no prémio

 Não é só o seu destino que pode mudar radicalmente quando se muda para o estrangeiro, mas também a natureza do seu trabalho. Ser um gestor que faz parte de uma equipa de 40 pessoas num mercado estabelecido como Frankfurt, por exemplo, onde existem muitos sistemas e todos os tipos de tarefas e responsabilidades são delegados, é muito diferente de ajudar a criar o novo escritório da sua empresa em Manila, por exemplo, onde tem uma equipa reduzida e está a construir as coisas a partir do zero.

Numa situação destas, terá de ser capaz de vestir vários chapéus, agir por iniciativa própria e sujar as mãos. É um desafio difícil, que nem toda a gente consegue vencer. Mas se conseguir apresentar um resultado positivo - por exemplo, "atingi o objetivo da empresa de transformar uma equipa em fase de arranque numa unidade totalmente operacional em 12 meses" - terá adquirido uma experiência excecional e aumentado significativamente a sua atratividade para os contratantes, tanto a nível interno como externo. 

Não se prenda demasiado a um cargo específico quando procura uma mudança de carreira no estrangeiro

"O que as pessoas muitas vezes não têm em conta é a falta que vão sentir dos amigos e da família e como pode ser difícil instalarem-se numa nova cultura e num novo país onde não conhecem ninguém", diz François. "Essa sensação de desconexão do que significa a nossa casa pode ser inesperadamente poderosa, por isso, se encontrarmos um amigo de um amigo ou um colega no terreno que nos possa mostrar o caminho, isso faz uma enorme diferença - apenas coisas práticas como onde fazer compras ou como conseguir um bom negócio de telemóvel."

Isto é especialmente verdade se estiver a pensar em mudar-se definitivamente, acrescenta: "Pense antecipadamente como pode construir e desenvolver essas relações - mesmo conhecer apenas uma pessoa pode fazer uma enorme diferença na sua aterragem." As nacionalidades gravitam naturalmente em torno de comunidades de migrantes já estabelecidas, e a pesquisa destas pode constituir um meio de apoio imediato também para os recém-chegados. 

Certifique-se de que os seus entes queridos estão a bordo

Os candidatos procuram frequentemente uma experiência internacional quando são mais jovens e têm uma vida menos estável, e há uma boa razão para isso. Mudar para o estrangeiro é uma grande mudança e, se tiver um cônjuge e filhos, há muitos mais factores a considerar. Mas cada candidato terá de ter em conta o efeito da sua mudança nos seus entes queridos e certificar-se de que eles estão totalmente de acordo com os seus planos. Também vale a pena pensar na melhor forma de manter um contacto regular com as pessoas de quem sentirá mais falta. 

Esteja preparado para dar um passo atrás para dar dois em frente 

François aconselha-o a não ficar demasiado preso a um cargo específico quando procura uma mudança de carreira no estrangeiro. "Se está a fazer uma mudança séria e está a olhar para o panorama geral, não se prenda a tentar encontrar exatamente a função equivalente. Há muitas incógnitas quando se muda e as empresas querem minimizar o risco de insucesso, pelo que podem aconselhá-lo a começar um degrau abaixo para lhe dar as melhores hipóteses de sucesso." Abordada da forma correcta, esta mudança pode trazer dividendos: "Já vi muitos casos em que um candidato aceitou o que, no papel, parece ser uma pequena despromoção, mas viu isso como uma oportunidade para expandir os seus horizontes e realmente se familiarizar com um trabalho - antes de avançar rapidamente para uma posição além da original", diz ele.

François, concorda. "Por vezes, pode ser necessário dar um passo lateral ou mesmo um pequeno passo atrás para se provar num novo mercado - especialmente se, digamos, estiver a passar da gestão de uma equipa de 50 para uma equipa de 15. Mas, a longo prazo, isto pode ser uma coisa boa, com a nova cultura e o novo ambiente a que tem de se adaptar - especialmente se tenciona ficar a longo prazo e realmente estabelecer-se e desenvolver-se."  

Para além dos benefícios para a carreira, trabalhar no estrangeiro também lhe dá uma oportunidade fantástica de desenvolver uma verdadeira experiência local. Por isso, procure, para além dos seus colegas e da comunidade de expatriados, formas de estabelecer contactos mais amplos, aprenda a língua local e esteja aberto a experimentar algo novo - nunca se sabe o que pode descobrir ou onde estas novas experiências e contactos o podem levar mais tarde.

Share this article

Useful Links

Submit a vacancy
Salary survey
Career advice
Get in touch

Find out more by contacting one of our specialist recruitment consultants

Related content

View All

Compreender a Geração Z no local de Trabalho

Em um estudo recente, o especialista da Robert Walters procurou entender a influência da Geração Z em ambientes profissionais. Tratava-se de examinar as preferências e características dos trabalhadores com menos de 25 anos. François, Country Director da Robert Walters Portugal e Brasil, compartilha

Ler mais

O que impulsiona a geração Z no mercado de trabalho?

Com a ascensão da Geração Z no mercado de trabalho, as empresas estão a enfrentar o desafio de atrair e reter os jovens talento. O que move a geração Z ao tomar decisões de carreira? O especialista em recrutamento da Robert Walters realizou recentemente uma pesquisa entre jovens profissionais com 1

Ler mais

5 maneiras de usar dados para impulsionar sua estratégia de talentos em 2024

No cenário dinâmico de 2024, aproveitar o poder dos dados é crucial para desenvolver e implementar uma estratégia de talentos bem-sucedida. A Robert Walters, consultora global de recrutamento, partilha as cinco maneiras principais de aproveitar os dados e a inteligência de contratação para impulsion

Ler mais

Sou Robert Walters, você é?

Junte-se à nossa equipa global de pensadores criativos, solucionadores de problemas e trabalhadores inovadores. Oferecemos progressão acelerada na carreira, uma cultura dinâmica e treino especializado.