Lançamento do Salary Survey Global 2021

mulher morena no computador

Últimas tendências de emprego e de contratação em 2021, agora numa plataforma 100% digital

Após um atípico 2020, durante o qual as organizações tiveram de repensar o seu modelo de negócios, melhorar a sua digitalização e o ciclo de vida dos seus processos internos, em 2021 assistiremos em Portugal ao desenvolvimento e continuação das grandes tendências de mercado atuais. A economia do país ainda se vai ressentir da crise causada pelo Covid-19, pelo que os aumentos salariais serão mais modestos de maneira geral.  

A Robert Walters lançou uma nova plataforma digital para o seu Salary Survey 2021. A plataforma digital inclui informação salarial para centenas de funções em 31 países, vídeos dos nossos especialistas sobre as principais tendências de emprego para cada área de especialização e de mercado, e infográficos sobre as expectativas das organizações e profissionais para 2021 baseados em dois estudos realizados pela Robert Walters a nível global em Dezembro de 2020.* 

Principais insights a destacar em Portugal:

Expectativas salariais das empresas e profissionais 

43% dos profissionais não esperam receber um aumento salarial em 2021 e 35% não vão receber bónus. Quando questionados sobre as razões que levavam a uma ausência de aumentos salariais, a maioria destacou que a sua empresa realizou reestruturações e despedimentos (31%) ou que o setor / negócio em que trabalham foi fortemente impactado pela Covid-19 (26%). Ainda assim, 67% dos profissionais sentem-se confiantes relativamente a oportunidades de emprego no seu setor. 

Por outro lado, 65% das empresas irão basear os aumentos salariais no desempenho e produtividade do empregado e 45% nos resultados do setor e empresa. 29% das empresas irão também realizar melhorias na remuneração com base no potencial demonstrado pelo colaborador. Relativamente a percentagens de aumento, a maioria será ligeira, entre 1 e 5%. No que diz respeito a bónus, em 45% dos casos este será definido pela antiguidade do colaborador na empresa e pelo cumprimento de metas individuais (39%). Embora muitas empresas vão cortar nos bónus este ano, nos casos em que este existe será entre 1 e 15% do salário base total.

Top 3 perfis mais procurados por área de especialização em Portugal

  • Contabilidade e Finanças: Financial Controller; Internal Auditor; Finance Director
  • Engenharia e Operações: Supply Chain Manager; Business Development Renewables; Industrial Technical Director
  • Recursos Humanos: Talent Acquisition Specialist/Manager; Change Management; Compensation&Benefits Manager
  • IT & Digital: Data & Analytics Manager; DevOps Engineer; Cyber Security Manager
  • Vendas e Marketing: Digital Marketing Manager; E-commerce Manager; IT Sales Account Manager

Principais setores em crescimento

Transformação Digital, E-commerce, Analytics e Business Intelligence 

Em 2021 assistiremos em Portugal ao desenvolvimento e continuação das grandes tendências de mercado atuais, nomeadamente a transformação digital, e-commerce, Data & Analytics, melhoria de processos e implementação de metodologias Lean. Assim, haverá uma grande necessidade de perfis de Cybersecurity, front-end e CTOs, bem como perfis de Marketing Digital, Business Intelligence e E-commerce.

Inteligência Artificial, Data e Robótica 

As empresas vão procurar atingir um desempenho otimizado num ambiente cada vez mais competitivo – a Inteligência Artificial e automação estão a ganhar importância e as empresas esperam impulsionar a tomada de decisões baseadas em dados, o que significa que os perfis de Data, IA e robótica serão uma das principais tendências de contratação em 2021 na maioria dos setores, desde Engenharia a IT, recursos humanos, definição de estratégia, incluindo Finanças e Marketing.

Energias Renováveis

Finalmente, em engenharia, espera-se um investimento exponencial nas energias renováveis a nível europeu em 2021, e uma procura comum pela otimização, produtividade e competitividade: perfis de scouting e gestão de projetos serão a principal tendência nas energias renováveis, e todo o supply chain nas indústrias de manufatura terá uma forte melhoria de qualidade e modernização.  

Habilidades mais procuradas pelas empresas 

68% dos responsáveis de contratação estão preocupados com a escassez de habilidades no seu setor

No que diz respeito a habilidades, as empresas vão procurar profissionais que não só possuam as competências técnicas adequadas para a função, mas também apresentem boas soft skills para o novo mundo do trabalho, nomeadamente a capacidade de trabalhar com equipas multiculturais e dispersas, habilidades de comunicação e de adaptação à mudança, resiliência, proatividade e forte sentido de responsabilidade. Porém, 68% dos responsáveis de contratação estão preocupados relativamente a uma escassez de talento e habilidades na área para a qual recruta, sendo que 7 em cada 10 consideram que a escassez de talento é especialmente preocupante para perfis mais sénior/team leaders.

As 5 habilidades transferíveis e soft skills mais importantes em 2021 serão:

  1. Trabalho em equipa
  2. Resolução de problemas
  3. Resiliência
  4. Pensamento crítico
  5. Habilidades de comunicação

Como atrair e reter o melhor talento em 2021

Para os responsáveis de contratação inquiridos, os maiores desafios quando procuram contratar novos profissionais são expectativas salariais e de benefícios demasiado elevadas por parte dos candidatos (62%), falta de soft skills essenciais (52%), falta de experiência no setor (51%), e falta de qualificações técnicas (28%). Para 24% dos inquiridos, existe uma e elevada competição por candidatos, principalmente na área de IT. 

Assim, para atrair e reter o melhor talento, especialmente quando os salários não são competitivos, que poderá ser o caso de grande parte das empresas em 2021, “as organizações devem implementar benefícios como flexibilidade e trabalho remoto, pois cada vez mais profissionais procuram oportunidades de emprego com esses benefícios, além de oportunidades de formação, melhor uso de tecnologias e maior foco no bem-estar. Os profissionais de Change Management, Talent Acquisition e especialistas de Comp&Ben irão ajudar as organizações em Portugal a reter o seu melhor talento, a encontrar os melhores profissionais disponíveis no mercado e a definir um pacote salarial equilibrado e atrativo”, comenta François-Pierre Puech, Senior Manager da Robert Walters Portugal. 

Sobre o Salary Survey 2021

Ao longo de mais de 20 anos, empresas e profissionais têm confiado no Salary Survey da Robert Walters para os apoiar a tomar decisões importantes sobre os seus negócios e carreiras. Este ano, oferecemos-lhe ainda mais insights com a nova plataforma 100% digital do Salary Survey, dando-lhe acesso facilitado a todas as tendências salariais e de mercado que precisa de saber, onde quer que esteja. Para além de um guia compreensivo e dinâmico sobre salários para centenas de funções em 31 países, o nosso novo Salary Survey digital está repleto de ferramentas e recursos úteis tanto para responsáveis de contratação como profissionais em busca de uma nova oportunidade, incluindo as últimas tendências e análises para o seu setor e função, uma nova calculadora salarial com resultados personalizados, e vídeos dos nossos especialistas sobre o mercado de trabalho em diferentes setores. 

*Sobre o estudo da Robert Walters para a pesquisa salarial global

A Robert Walters realizou em Dezembro de 2020 dois questionários globais a mais de 3,000 responsáveis de seleção e 15,000 profissionais de diversas áreas (banca, seguros, contabilidade, finanças, RH, tax, legal, IT, digital, marketing, vendas, engenharia, energia, indústria, supply chain, pharma, healthcare, biotech, real estate e infraestruturas, entre outros) em 31 países, com 100 respostas de empresas e 300 de profissionais em Portugal. Destes, a maioria reside em Lisboa, pertencendo principalmente a níveis de senioridade entre associado, mid-senior a diretivo. 64% são homens e 36% são mulheres, tendo na sua maioria entre 25 e 54 anos. 70% destes profissionais conta com um contrato sem termo, 10% têm contratos a termo e 6% trabalham como freelancers. 14% dos inquiridos encontravam-se desempregados no momento do inquérito.

Precisa de conselhos de contratação, ou tem uma oferta de emprego? Entre em contacto connosco.

Salary Survey Global

banner túnel iluminado às cores - salary survey
»
»
banner seta azul neon - contacto
»

Envie-nos a sua oferta de emprego 

banner prisma lilás - enviar oferta de emprego
»

Conselhos de contratação 

banner túnel iluminado às cores - salary survey
»

Newsroom 

banner setas coloridas iluminadas - newsroom
»