Profissões em alta demanda em 2022

mulher morena no computador

Com a retomada do mercado no pós pandemia, vemos o mercado de contratações a ressurgir a todo vapor e iniciando uma guerra de talentos e deve seguir assim pelos próximos 12 a 24 meses.

Portugal iniciou 2021 a reforçar as restrições devido ao aumento de casos da Covid-19, abrandando a recuperação da economia no 1º trimestre. No entanto, desde março de 2021 e apesar das novas restrições, os principais indicadores têm sido positivos – a melhoria da taxa de crescimento do PIB em 4,8% vs. 3,9%, conteve a taxa de desemprego em 7,3%, 10º país europeu mais atrativo para o investimento direto estrangeiro.

O plano de Recuperação e Resiliência está a apoiar o crescimento em várias indústrias como as Energias Renováveis, Infraestruturas Públicas, Imobiliário e Tecnologia. Dito isso, as três principais tendências de recrutamento para 2022 serão:

  • Fintechs, Startups, Data Centers, Tech Competency Centers estão a crescer na região
  • Muitas empresas internacionais estão a reforçar a sua capacidade de produção, deslocando parte da sua atividade de outras regiões europeias para os Centros de Serviços Partilhados e centros de excelência que foram criados de forma acelerada durante o Covid-19 em Finanças, RH, Marketing, Cadeia de Abastecimento & Logística e Procurement
  • A Energia Renovável é neste momento a indústria mais rápida em Portugal com investimentos multimilionários e leilões de sucesso. Os projetos de hidrogénio também estão a começar a desenvolver-se.

A guerra de talentos, deve continuar em 2022. François-Pierre Puech country manager da Robert Walters em Portugal aconselha gerentes e diretores de negócios:

‘’O mercado de contratação está a evoluir rapidamente e alguns já falam de uma guerra por talento.  Os profissionais têm vantagem e procuram um projeto desafiante, sustentável e apelativo. Um processo de recrutamento bem-sucedido tem de ser baseado em projetos e ter passos construtivos e legitimais, oferecendo insights sobre a empresa, a sua estratégia e o impacto do seu futuro papel.  O pacote salarial, incluindo benefícios e salários ‘emocionais’, são fundamentais e o gerente de contratações deve estar atento às expectativas de seus candidatos para construir uma oferta bem sucedida.’’

A retenção é também um desafio em 2022, uma vez que os profissionais continuam à procura de um emprego significativo e empresas que sejam capazes de ouvir os seus colaboradores, de aprender também com eles, e também de inovar em termos de regalias como flexibilidade e conciliação.

Salários

A estabilidade foi a principal tendência em 2021 em muitas empresas e a Compensação & Benefícios foi bastante rigoroso para novas contratações. Em 2022, os profissionais que movimentam projetos deverão beneficiar de um aumento médio de 8 a 12% no seu salário fixo, mantendo benefícios semelhantes, como seguro de saúde, seguro de vida, carro da empresa e despesas de viagem. Algumas empresas geralmente adiam alguns dos seus principais benefícios - como plano de pensões ou benefícios flexíveis - após um período de qualificação de 12 meses. O salário variável também está a ter uma importância mais forte dentro do pacote global, uma vez que as empresas procuram recompensar as realizações pessoais e de desempenho da equipa.

Trabalho híbrido

40% dos profissionais dizem que os arranjos de trabalho híbrido do seu local de trabalho 'poderiam  melhorar'.

Enquanto mais e mais empresas estão adotando ou em processo de implementação de um modelo de trabalho híbrido, 40 por cento dos entrevistados globalmente disseram que o modelo precisa ser melhorado e 42 por cento disseram que se demitirão se o teletrabalho for removido completamente.

Entrevistamos 2.000 profissionais para identificar os sintomas de disfunção no trabalho híbrido, 55% dos trabalhadores sentem que o atual modelo híbrido não vai longe o suficiente para ajudar a trazer o equilíbrio necessário de volta para sua vida doméstica e profissional.

Na verdade, os profissionais afirmam que o modelo de trabalho construído às pressas tem permitido jornadas de trabalho mais intensas, em que é necessário participar de reuniões presenciais e virtuais.

De acordo com o relatório, o novo modelo de trabalho híbrido pouco pesquisado e testado resultou em trabalhadores sentindo-se sobrecarregados (54%) e exaustos (39%).

A maioria dos profissionais (85%) agora espera mais flexibilidade para trabalhar em casa como uma oferta padrão dos empregadores após a pandemia, enquanto 78% disseram que não aceitarão um novo emprego até que isso seja acordado com o possível empregador.

Retornar ao local de trabalho é muito importante para os jovens, com 75% dos jovens de 18 a 26 anos afirmando que seu local de trabalho é sua principal fonte de significado e conexão social, disse o relatório.

“Embora a mudança para o trabalho remoto tenha sido quase instantânea, precisamos reconhecer que foi por necessidade.” Afirma François.

“O retorno ao trabalho deve ser gradual, tanto os empregadores quanto os funcionários devem usar este ano para testar uma variedade de estilos de trabalho, desde o trabalho híbrido até a possível remoção do 9-5 em favor das horas baseadas na carga de cada projeto”, finaliza ele.

Para saber mais informações sobre salários e tendências de contratação em 6 continentes, peça seu acesso aqui.

banner mulheres sentadas - conselhos contratação
»
banner seta azul neon - contacto
»
banner prisma lilás - enviar oferta de emprego
»
banner túnel iluminado às cores - salary survey
»
banner setas coloridas iluminadas - newsroom
»